Passar para o conteúdo principal
x
Instituto Português do Desporto e da Juventude

Balcão Ponto JÁ

Sabias que em Portugal existem 54 balcões ponto já? A Cascais Jovem é um deles!

Com um conceito multicanal, o Balcão Ponto JÁ é um projeto do IPDJ: Instituto Português do Desporto e Juventude, que te disponibiliza uma oferta variada e transversal em diversas áreas, oferecendo uma resposta consonante e adequada às tuas necessidades. 

Assim, são objetivos gerais do Balcão Ponto JÁ: 
•    Promover e divulgar a informação nacional e internacional aos jovens;
•    Recolher, selecionar, divulgar e dinamizar a informação recebida;
•    Fomentar a transversalidade dos Departamentos da Área da Juventude e Desporto;
•    Criar parcerias que potenciem a prestação e dinamização do Serviço;
•    Promover e desenvolver os valores de cidadania;
•    Promover oportunidades para os jovens;
•    Promover atividades de interesse dos jovens;
•    Promover a integração e participação dos jovens;
•    Promover o aconselhamento aos jovens.

 

Novidades do Balcão Ponto já

Bootcamp II #DIREITOATERDIREITOS | POR UM MUNDO + SAUDÁVEL 

Centro de Juventude de Lisboa (CJL), do Instituto Português do Desporto e Juventude I.P., organiza, de 11 a 13 de agosto, o Bootcamp II #DIREITOATERDIREITOS - POR UM MUNDO + SAUDÁVEL, em colaboração com o município de Alcanena e o Centro de Ciência Viva do Alviela – Carsoscópio.

Esta iniciativa pretende assinalar o Dia Internacional da Juventude, que se comemora a 12 de agosto, e ser um momento privilegiado de informação, formação e capacitação de jovens e técnicos de juventude, em diferentes temáticas. 

 

Os objetivos deste Bootcamp são:

  • Conhecer os Centros de Juventude em Portugal – Espaços de Participação para todos;
  • Incentivar à Sustentabilidade Ambiental, nos Centros de Juventude;
  • Explorar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - Um Manifesto para a Ação;
  • IN-Formação juvenil – Direitos de Juventude | Acesso de Jovens aos Direitos | Campanha 70 Já;
  • Explorar técnicas de intervenção com e para jovens;
  • Celebrar o Dia Internacional da Juventude - Transformar sistemas alimentares: Inovação Juvenil para a saúde humana e planetária.

Em formato presencial e residencial, o Bootcamp irá decorrer no Centro de Ciência Viva do Alviela – Carsoscópio, na Praia Fluvial dos Olhos D’Água, no concelho de Alcanena.

Destinatários/as: jovens e técnicos/as de juventude.

A inscrição é gratuita, mas obrigatória com registo em formulário online, disponível aqui.

A inscrição inclui: dormida, alimentação e participação em todas as atividades.

As vagas são limitadas, tendo em atenção as normas da DGS em contexto da pandemia, sendo que os/as participantes realizarão, gratuitamente, à chegada ao Bootcamp, teste rápido para diagnóstico de COVID-19.

 

 

Conclusões da << Conferência de Juventude da União Europeia >> e << Hackathon Solve the Gap>> 

 

No âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, decorreram, de 12 a 15 de março, em formato digital,  a partir de Vila Nova de Gaia, a Conferência de Juventude da União Europeia e a Hackathon de 48 horas Solve the Gap, com organização do Ministério da Educação e do Conselho Nacional de Juventude (CNJ).

Tendo como lema Juventude para a Europa, Europa para a Juventude: Espaço para Democracia e Participação, cerca de 150 delegados jovens e ministeriais, e representantes de instituições europeias do setor da juventude, trabalharam durante quatro dias, em sete grupos de trabalho, visando propor medidas e ações objetivas  para atingir as metas do Objeto Europeu para a Juventude n.º 9 Espaço e participação para todos.

Nos grupos de trabalho, os participantes tiveram oportunidade de dialogar com decisores políticos de Portugal, Alemanha e Eslovénia, e com representantes do Parlamento Europeu, da Comissão Europeia e do Conselho da Europa.

Entre as várias propostas, os participantes elegeram as seguintes como prioritárias:

 

  1. A implementação a nível nacional e local de mecanismos de auscultação jovem, como o Diálogo Jovem da União Europeia com a Juventude.
  2. A implementação de um plano de formação de cidadania e ativismo comunitário, com base em metodologias de Educação não formal, para a capacitação de jovens, de grupos minoritários, visando a sua inclusão plena.
  3. A redução da idade de voto para os 16 anos.
  4. A promoção de uma política de utilização fluída dos espaços públicos por jovens.
  5. O desenho de recomendações a nível europeu, para o desenvolvimento de espaços digitais para informação, participação e capacitação de jovens.
  6. A criação de um mecanismo europeu de monitorização das oportunidades de formação e capacitação para jovens em contextos de aprendizagem não formal, alinhado com a Agenda Europeia do Trabalho com a Juventude.
  7. A implementação de programas de educação para a cidadania em parceria com organizações de juventude e da sociedade civil, recorrendo a metodologias de Educação não formal.


Quanto à Hackathon de 48 horas Solve the Gap, decorreu com uma metodologia que visou estimular o uso de ferramentas digitais para aproximação dos jovens aos decisores políticos. Organizada pelo Conselho Nacional de Juventude e o Ministério de Educação, decorreu na plataforma portuguesa de inovação e hackathons digitais Taikai.

Durante 48 horas, jovens inovadores e empreendedores de toda a Europa competiram para ganhar um prémio de 10 000€, desenvolvendo para tal uma ferramenta digital de participação juvenil.

No evento participaram cerca de uma centena de jovens, de 15 países. A equipa vencedora foi a European Youth Energy Network (EYEN), com o projeto European Policy Hub, que irá receber o prémio para continuar a desenvolver a ferramenta, que será integrada no Portal Europeu de Juventude.

Esta iniciativa contou com o alto patrocínio da Comissária Europeia para a Inovação, Investigação, Cultura e Juventude, Mariya Gabriel e com o apoio de várias empresas e parceiros nacionais e europeus.

 

Acede aqui ao documento das conclusões.

 

 

 

Campos de Trabalho Internacionais. 

Os Campos de Trabalho Internacionais (CTI) visam promover atividades de voluntariado de caráter comunitário, civil ou social, realizadas por um grupo de jovens de várias nacionalidades. Potenciam o desenvolvimento de uma comunidade local através de tarefas de carácter coletivo e possibilitam aos/às jovens: aprendizagens culturais, linguísticas, e interação intercultural.

Áreas de Atividade:

• Ambiente;

• Arqueologia;

• Sociocomunitária;

• Restauro e valorização do património histórico-cultural;

• Outras de reconhecido interesse.

 

Destinatários:

• Entidades promotoras;

• Jovens portugueses ou estrangeiros com idades entre os 18 e os 30 anos.

 

Inscrições de Jovens 2021:

Estão a decorrer as inscrições para jovens aos Campos de Trabalho Internacionais 2021.

Os CTI têm lugar em várias regiões de Portugal e ocorrem entre os meses de julho e setembro.

• Os interessados/as em participar devem proceder à inscrição no formulário próprio (fazendo o download da ficha de inscrição, abrindo o ficheiro word em modo de leitura, preencher e gravar com outro nome);

• Após o preenchimento, deve remeter o formulário, via email, para luis.mouta@ipdj.pt  acompanhado do comprovativo de idade;

 

Os jovens têm direito a alojamento, alimentação e seguro durante a estadia. Após a seleção o jovem terá a seu cargo as deslocações de ida e volta para o campo e poderá ter de pagar uma taxa de inscrição de 25€ euros à entidade organizadora local 

A língua de trabalho nos campos é o inglês.

 

Acede aqui para conhecer a lista de campos com vagas disponíveis

 

 

Abertas as inscrições para jovens voluntários/as no programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas»!

 

Já se encontram abertas as inscrições para jovens voluntários no âmbito do programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas», cujas atividades decorrem até 30 de novembro. Os jovens, com idades entre os 18 e os 30 anos, podem inscrever-se até cinco dias antes da data de início de cada projeto.

A inscrição é feita na Plataforma dos Programas da Juventude, na qual estão disponíveis projetos espalhados por todo o país e em diversas áreas de intervenção:

  • Sensibilização das populações para a preservação da natureza, florestas e respetivos ecossistemas;
  • Inventariação e monitorização de espécies animais e vegetais em risco;
  • Manutenção de caminhos florestais e acessos a pontos de água;
  • Apoio logístico aos centros de recuperação de animais selvagens;
  • Vigilância e apoio logístico aos centros de prevenção e deteção de incêndios florestais
  • Entre outras.

Descobre aqui alguns exemplos de projetos ativos!

O jovens devem escolher o(s) projeto(s) em que gostaria de participar, realizar a inscrição e verificar se foste selecionado! Descobre aqui mais informações sobre o programa e como te podes inscrever! Não te esqueças, antes de poderes escolher um projeto precisas de estar registado no Registo Único do IPDJ

 

Inscrições abertas para o programa Geração Z!

 

 

Encontram-se abertas as inscrições para jovens voluntários/as na ação de voluntariado «Geração Z»!  O programa Geração Z é uma ação de voluntariado jovem de longa duração, gerido pelo IPDJ, para entidades privadas sem fins lucrativos e jovens com idades entre os 16 e os 30 anos.

Objetivos: 

  • Alargar o âmbito de intervenção do voluntariado ao abrigo do programa «Agora Nós»;
  • Valorizar as intervenções realizadas por e para jovens;
  • Criar sinergias com entidades da sociedade civil e entidades públicas através da preparação de atividades de voluntariado;
  • Contribuir para uma intervenção útil e eficaz na comunidade;
  • Potênciar a qualidade das atividades de voluntariado e a aquisição de competências por parte dos/as voluntários/as;
  • Valorizar o reconhecimento da educação não formal.

A Geração Z conta com mais de uma centena de projetos a nível nacional em que, os jovens entre 16 e 30 anos e que queiram participar em atividades de voluntariado, se podem inscrever! Para poderes ver os projetos, que terminam a 30 de novembro, deves entrar na Plataforma dos Programas da Juventude e realizar a tua inscrição. 

Conhece algumas das áreas de Intervenção: 

  • Direitos humanos;
  • Participação cívica;
  • Prevenção da violência no namoro;
  • Prevenção de comportamentos agressivos (bullying);
  • Igualdade de género;
  • Desporto;
  • Intercâmbio cultural.

Os jovens voluntários que se querem inscreverem, precisam de escolher um dos projetos. Contudo, antes de poderes escolher um projeto precisas de estar registado no Registo Único do IPDJ

Os/as voluntários/as, para além de uma experiência única têm direito:

·        Informação sobre voluntariado e formação especifica para o desempenho das tarefas;

·        Seguro de acidentes pessoais e responsabilidade civil e;

·        Ressarcimento de despesas.

Sabe mais sobre o projeto e como te podes inscrever aqui!

 

Concurso Jovens Criadores está de volta | Candidaturas abertas até dia 1 de julho para projetos individuais ou coletivos 

 

A Fundação da Juventude irá organizar, mais uma vez, o Concurso Jovens Criadores, um programa da responsabilidade do IPDJ. Esta iniciativa, nascida na década de 80, foi responsável pelo lançamento artístico de personalidades da cultura nacional como é o caso de Valter Hugo Mãe e José Luís Peixoto, entre muitas outras.

Este concurso Trata-se de uma oportunidade real para quem ambiciona uma carreira no mundo artístico. Numa primeira fase, as propostas serão submetidas para avaliação de um júri, que conta com várias figuras notáveis da cultura nacional. Na 2.ª fase, os melhores projetos serão selecionados para participar na Mostra de Jovens Criadores e os artistas terão a oportunidade de expor as suas obras. Candidaturas abertas até 1 de Julho de 2021.

Categorias em concurso:

·        Arquitetura; 

·        Artes Plásticas; 

·        Banda desenhada e Ilustração; 

·        Cinema; 

·        Dança; 

·        Design Gráfico; 

·        Design de Equipamento; 

·        Escultura;

·        Fotografia; 

·        Joalharia; 

·        Literatura; 

·        Moda; 

·        Música; 

·        Pintura; 

·        Teatro.

 Condições de participação: 

Projetos individuais: Jovens de nacionalidade portuguesa ou residentes em território nacional, com idade limite de 30 anos à data de 31.12.2021. 

Projetos coletivos: Jovens de nacionalidade portuguesa ou residentes em território nacional com idade até 35 anos à data de 31.12.2021, sempre que a média de idades do grupo não ultrapasse os 30 anos. 

Prémios:

Serão atribuídos cinco prémios a cinco obras/projetos de diferentes áreas no valor de 1.000€ cada. 

 Para mais informações:

jovenscriadores@fjuventude.pt ou 22 339 3530

 

Geração Z | Entidades organizadoras

 

Estão abertas, até 1 de novembro, candidaturas à organização de atividades de voluntariado ao abrigo da Geração Z.

 

A ação de voluntariado jovem integrada no Programa «Agora Nós» pretende contribuir para a intervenção útil e eficaz de jovens na comunidade. Os objetivos gerais da «Geração Z» são:

 

- Aumentar o número de atividades de voluntariado organizadas por jovens e para jovens;

- Promover a qualidade das atividades de voluntariado jovem.

 

Podem candidatar-se entidades privadas sem fins lucrativos recebendo, em caso de aprovação da sua atividade, uma subvenção que engloba um valor para a gestão da atividade e um valor para o ressarcimento diário dos/as voluntários/as participantes (cada voluntário/a recebe, por dia de participação efetiva, o valor de 12€).

 

As candidaturas são submetidas na plataforma dos programas de juventude do IPDJ até 20 dias antes da data de início das atividades.

 

Para mais informações, visita o site.

 

 

Voluntariado Jovem «70JÁ»

 

Dinamizar projetos ligados aos Direitos Humanos e aos Direitos da Juventude.

 

Esta ação integrada no Programa de Voluntariado Jovem «Agora Nós» destina-se a jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos e o 12.º ano de escolaridade ou equivalente que tenham disponibilidade e gosto em comunicar com outros/as jovens e pretendam intervir na promoção dos direitos humanos e dos direitos constitucionais da população jovem contribuindo para a literacia cívica e social.

 

Se estás interessado em ser voluntário «70JÁ», candidata-te.

 

Sabe mais aqui.

 

 

Programa Nacional de Desporto para Todos 2021+

 

Entre os dias 1 e 11 de junho, está aberta a terceira fase de candidaturas ao PNDpT destinado a clubes desportivos, associações promotoras do desporto e outras entidades cujo objeto compreenda ou capacite o desporto de base em Portugal.

 

Esta edição extra apoia clubes desportivos e associações promotoras do desporto num montante de dois milhões de euros. O PNDpT promove o desporto para todos e a prática informal, tendo já apoiado mais de 1 300 projetos, num investimento total que supera os 18 milhões de euros.

 

Podem candidatar-se clubes desportivos, associações promotoras do desporto e outras entidades cujo objeto compreenda ou capacite o desporto de base em Portugal.

 

Para mais informações, visita a página.

 

 

Campos de Trabalho Internacionais abrem inscrições para jovens voluntários/as | Promover o reconhecimento das diferentes identidades culturais através do desenvolvimento de projetos de voluntariado em comunidades locais.


Estão abertas as inscrições para jovens entre os 18 e os 30 anos aos Campos de Trabalho Internacionais (CTI) que se realizam, em várias regiões de Portugal, entre julho e setembro nas áreas do ambiente, património cultural e restauro. Os/As jovens têm direito a alojamento, alimentação e seguro durante a estadia. Após a seleção, o/a jovem terá a seu cargo as deslocações de ida e volta para o campo e poderá ter que pagar uma taxa de inscrição com o custo de 25€ à entidade organizadora local.

É importante frisar que a língua de trabalho nos CTI é o inglês e os campos cumprem as medidas de prevenção da COVID-19 emanadas pela Direção-Geral de Saúde.                                                                                        

Para inscrições, deve fazer o download do formulário de candidatura, preenchê-lo e enviá-lo, por email, para luis.mouta@ipdj.pt. Para mais informações aceda aqui.

                                                                                

Programas Férias em Movimento - Candidaturas abertas para entidades

 

O programa Férias em Movimento foi criado a pensar na ocupação saudável dos tempos livres dos/as jovens no período de férias escolares e pretende fomentar o desenvolvimento de projetos úteis à comunidade através da prática de atividades lúdico-pedagógicas e que configuram campos de férias.

 

A partir de 16 de abril e até 21 de maio, estão abertas as candidaturas para entidades promotoras no âmbito do programa “Férias em Movimento”.

 

As candidaturas estão abertas para as duas modalidades do programa:

 

- Campos de férias residenciais;

- Campos de férias não-residenciais.

 

A realização dos campos decorre de 19 de junho a 12 de setembro. Este ano, as atividades de campos de férias podem enquadrar-se nas seguintes áreas:

 

- Desporto;

- Ambiente;

- Cultura;

- Património histórico e cultural;

- Multimédia;

- Outras de relevante interesse para os jovens.

 

As entidades organizadoras deverão candidatar-se na plataforma dos programas de juventude do IPDJ.

 

Acede aqui a mais informação.

 

 

Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas

 

O Programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas» promove práticas no âmbito da proteção da natureza, florestas e respetivos ecossistemas, através da sensibilização das populações em geral e da preservação contra os incêndios florestais e outras catástrofes com impacto ambiental, da monitorização e recuperação de territórios afetados.

 

Estão abertas, até 1 de novembro, as candidaturas à promoção de projetos de voluntariado ao abrigo do Programa “Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas”. As candidaturas são submetidas na Plataforma de Programas até 20 dias antes da data de início dos projetos.

 

Os objetivos gerais deste programa visam:

- Aumentar a educação e sensibilização para a valorização do ambiente, de resiliência da floresta e de proteção contra catástrofes;

- Aumentar o conhecimento geral sobre a natureza e florestas.

 

Para mais informações, visita o site.

 

Namorar com Fair Play - Promover a Igualdade de Género é jogar limpo

 

O lema desta ação é combater a violência no namoro e a desigualdade de género.

A ação de longa duração Namorar com Fair Play, que terá início em 19 de maio está integrada no programa “Agora Nós” e visa mobilizar jovens para a prevenção da violência no namoro através da educação interpares.

 

Os voluntários deslocam-se a escolas do ensino básico (3.º ciclo), secundário e universitário ou a municípios e/ou outras entidades do terceiro setor. Cada entidade deverá indicar um responsável (professor/a ou dirigente associativo) para acompanhar os voluntários na realização de um conjunto de iniciativas a desenvolver com os jovens participantes.

 

Os voluntários em equipas de dois, deslocam-se quatro dias por mês aos locais onde decorrem as atividades (nas escolas durante o período letivo).

 

Objetivos:

violência nas relações de intimidade tem início, muitas vezes, no namoro entre jovens, e traduz-se numa relação desigual em que um dos elementos do casal pretende, através da violência, dominar e controlar a outra pessoa.

A ação tem como objetivos:

- Promover a efetivação do direito à igualdade e inclusão social de todas as pessoas jovens, combatendo a exclusão social de todas as formas de desigualdade e discriminação;

- Prevenir a vitimização de jovens e a violência com base nas desigualdades de género;

- Combater a violência no namoro;

- Sensibilizar jovens para a igualdade de género;

- Eliminar estereótipos de género promovendo uma cultura de não-violência;

- Promover a cidadania participativa.

 

Os voluntários devem ter idades compreendidas entre os 16 e 30. Para mais informações, visita o site.

 

Programa OTL com candidaturas abertas a promotores: entidades e jovens, dos 18 aos 30 anos

 

O Programa de Ocupação de Tempos Livres (OTL) é um programa criado a pensar em ti, para ocupares os teus tempos livres. Participas em projetos de interesse para a comunidade, permitindo-te desenvolver capacidades e competências pessoais, sociais e adquirires conhecimentos, contribuindo para uma ocupação dos teus tempos livres de forma saudável.

 

O período candidaturas ao OTL na modalidade de curta duração decorre de 16 de abril a 07 de maio, para entidades promotoras, ou jovens monitores, dos 18 aos 30 anos.

 

Esta modalidade do programa consiste na ocupação dos tempos livres de jovens dos 12 aos 17 anos, que desenvolvem atividades lúdico-formativas, com metodologias da educação não formal, contribuindo para o desenvolvimento das suas capacidades e competências.

 

As áreas prioritárias desta modalidade, para esta edição, são:

 

- Transição Digital

- Ambiente (ODS 14)

- Direitos Humanos

- Combate à Exclusão Social

- Direitos dos Animais

 

O período de realização do OTL na modalidade de longa duração decorre de 16 de abril a 30 de novembro de 2021.

 

Esta modalidade do programa consiste em apoiar jovens dinamizadores, dos 18 aos 30 anos, a desenvolver os seus próprios projetos ou a contribuir para que estes integrem um outro projeto com o objetivo de permitir experiências em contexto de trabalho, melhorar as suas capacidades e competências profissionais, pessoais e relacionais.

 

As entidades promotoras ou um jovem dinamizador podem apresentar o seu projeto até 30 dias antes do seu início. Na edição deste ano as áreas de intervenção são as seguintes:

 

- Empreendedorismo

- Investigação

- Associativismo

- Sociocultural

- Criativa

- Desenvolvimento agrícola

- Outras de reconhecido interesse.

 

Sabe mais sobre o OTL e apresenta a tua candidatura na plataforma de programas de juventude do IPDJ, aqui.

 

Programa «Cuida-te+» ativa mais um canal de comunicação interativo para a população jovem

O Cuida-te+ é um programa do IPDJ que visa a promoção da saúde juvenil e dos estilos de vida saudável, cujos/as destinatários/as são os/as jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 25 anos e, também, aqueles/as que têm um papel potencialmente influenciador na promoção de comportamentos benéficos para a saúde da população jovem, designadamente profissionais de saúde, profissionais de educação física e desporto, técnicos/as de juventude, profissionais de intervenção comunitária, dirigentes de associações de jovens e respetivas federações, famílias e outros/as jovens como interventores/as.

O Programa Cuida-te+ lançou uma ferramenta no Portal IPDJ, na secção da saúde juvenil, chamada «Coloque aqui as suas dúvidas». Esta ferramenta pretende ser um canal interativo, para que os/as jovens, dos 12 aos 25 anos, possam colocar questões, de forma anónima, gratuita e confidencial, referentes a quatro áreas do Programa de Saúde Juvenil:

  • Comportamentos Aditivos e Dependências;
  •  Saúde Mental;
  •  Saúde Sexual e Reprodutiva;
  •  Alimentação e Atividade Física e Desportiva.

As respostas são asseguradas por psicólogos/as e versam o aconselhamento, a informação e estratégias ou referenciação para serviços complementares. O objetivo deste cana de comunicação interativo é que seja um dispositivo útil que promova a autodeterminação dos/as jovens face à sua saúde.

Conhece a nova ferramenta do Programa Cuida-te + aqui

Programa Naveg@s em Segurança 2021

O IPDJ, I.P., através do Centro Internet Segura, promove mais uma edição da iniciativa nacional «Naveg@s em Segurança?», que decorre de 1 de fevereiro a 7 de dezembro. De 14 de setembro a 11 de outubro, serão exploradas várias ferramentas e estratégias digitais para melhorar o trabalho em ambiente online com e para os jovens.

Para o desenvolvimento desta iniciativa, candidaturas ao projeto de voluntariado jovem «Navega@s em Segurança?» estarão abertas, com o objetivo de jovens voluntários/as dinamizarem sessões informativas e de ações de sensibilização destinadas a crianças, jovens, pais/educadores e cidadãos em geral, no sentido de promover o uso responsável e seguro da Internet e a cidadania digital, junto de escolas, associações juvenis e desportivas, autarquias e outras. 

As candidaturas encontram-se abertas, até 30 de novembro.
Para mais informações, consulta aqui 
Para os jovens interessadas/os, antes de se inscreverem, têm de se registar na plataforma de registo único do IPDJ aqui

 

 


O que é o IPDJ?

É um organismo da administração pública, que tem como missão a execução de uma política integrada e descentralizada para as áreas do desporto e da juventude, trabalhando tanto com entidades públicas como privadas. 

E, ainda, dinamizar o apoio ao associativismo, ao voluntariado e a promoção da cidadania, à ocupação de tempos livres, à educação não formal, à informação e à mobilidade geográfica dos jovens em Portugal e no estrangeiro. Propondo-se ainda a revitalizar o turismo jovem, com a rede de pousadas da juventude e o Cartão Jovem, de modo a incrementar a mobilidade, com ganhos de eficiência e economia. 

Visita o site oficial aqui. 

 

O que é o Orçamento Participativo Jovem?

 

Orçamento Participativo Jovem (OPJovem) é um processo de participação democrática no âmbito do qual os cidadãos portugueses ou estrangeiros a residir em Portugal, com idades entre os 14 e os 30 anos, inclusive, podem apresentar e decidir projetos de investimento público, abrangendo as seguintes áreas temáticas: desporto inclusivo, diálogo intergeracional, inovação cultural e sustentabilidade ambiental.

Sabe mais aqui