Passar para o conteúdo principal
x
ODS 4 EM AÇÃO | EDUCAÇÃO DE QUALIDADE
Quinta, Setembro 13, 2018

Na terça-feira, partilhámos contigo o quarto objetivo de desenvolvimento sustentável, que diz respeito à educação de qualidade e pretende garantir o acesso à educação inclusiva, de qualidade e equitativa, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

Como tem já vindo a ser habitual, partilhamos agora contigo algumas ideias e algumas iniciativas que te podem não só inspirar, mas também proporcionar experiências que irão mudar a tua vida.

O grupo Jerónimo Martins, com o objetivo de possibilitar a frequência de formação prática em contexto de trabalho a grupos de cidadãos com especial vulnerabilidade em termos de acesso ao emprego, estabeleceu vários protocolos com organizações e instituições de ensino e promotoras da inclusão social procurando oferecer formação e experiência laboral nas suas lojas. Estes protocolos são destinados a pessoas migrantes e refugiadas, jovens em risco, estudantes e pessoas com deficiência.

Em colaboração com o JRS – Serviço Jesuíta aos Refugiados, durante 18 meses foi possível oferecer a 36 jovens migrantes a oportunidade de obterem um percurso formativo em contexto real de trabalho e desenvolver competências técnicas e relacionais para o acesso ao mercado de trabalho.

Um dos exemplos de acolhimento de pessoas com deficiência, é a parceria com a Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger (APSA) que pressupõe a integração de jovens para aquisição de competências pessoais, relacionais, técnicas e profissionais. Destaca-se, ainda, a parceria com o projeto SEMEAR da Associação BIPP – Inclusão para a Deficiência, destinado a formar profissionalmente jovens com dificuldades intelectuais do desenvolvimento na área agrícola e tarefas relacionadas.

Em 2016, estes protocolos permitiram a formação de cerca de 70 pessoas.

Ainda relacionado com o Grupo Jerónimo Martins, o prémio «Literatura Infantil Pingo Doce» tem por trás o intuito de servir de catalisador do conhecimento, espírito crítico e criatividade junto das gerações mais jovens, enquanto as lojas um espaço onde é possível comprar livros, desde 2006, contribuindo para a igualdade de acesso à informação das populações.

Este prémio monetário anual de 50 mil euros é repartido entre o vencedor do texto e o vencedor da ilustração, tendo já promovido a descoberta de  novos talentos nas áreas da escrita e da ilustração dirigidas aos públicos com idades mais jovens.

Outro projeto é a Missão Reciclar, realizada em coordenação com os municípios e sistemas municipais, com o objetivo de continuar a criar condições para que um número cada vez maior de portugueses cumpra a sua missão cívica de separar os seus resíduos de embalagem para que estes sejam encaminhados para reciclagem.

Partindo deste pressuposto, a Sociedade Ponto Verde teve uma equipa no terreno a bater à porta de 1.6 milhões de lares portugueses, em mais de 140 concelhos, entregando, a quem desejasse, ecopontos domésticos com a missão de converter todos os que ainda não reciclavam em separadores totais (que separam todos os tipos de embalagens) e clarificando as regras de reciclagem a todos os que reciclam.

O Ensino Profissional em Cascais aposta no alargamento e qualificação das ofertas nas escolas públicas, enquadrado no objetivo de qualificação do sistema educativo concelhio, no combate ao insucesso e abandono escolar e na facilitação escola-mercado de trabalho. Permitindo a operacionalização de cursos especializados e respetivas sequencialidades formativas. Como por exemplo o Pólo Tecnológico de Formação / Curso Profissional Eletrónica Médica / Curso Profissional Manutenção Aeronáutica.

Se algum destes projetos te interessa ou se conheces alguém que deles possa benificiar, não fiques indiferente e deixa uma marca na tua vida ou na vida de alguém!

 

VAMOS TRANSFORMAR O MUNDO


Sobre Cascais