Passar para o conteúdo principal
x
ODS 3 EM AÇÃO | SAÚDE QUALIDADE
Quinta, Setembro 6, 2018

Na terça-feira, partilhámos o terceiro objetivo de desenvolvimento sustentável, relacionado com a saúde de qualidade que se pretende garantir a longo prazo ao maior número de pessoas possível e em todo o mundo. Como tem já vindo a ser habitual, partilhamos agora contigo algumas ideias e algumas iniciativas que te podem não só inspirar, mas também proporcionar experiências de voluntariado incríveis.

A Nestlé, por exemplo, procura fomentar comportamentos saudáveis em crianças e famílias através de dois programas que diferem em âmbito, dimensão, abordagem e nos canais utilizados. Estes têm um foco específico e, por isso, targets diferentes.

O programa Nestlé Começar Saudável Viver Saudável contribui para a educação dos pais na importância da nutrição nos primeiros 1000 dias do bebé. O programa faz parte de um projeto relacional para mães e pais de bebés que compreende vários pontos de contacto, sejam plataformas digitais ou eventos. O principal objetivo é apoiar os pais a perceberem com que alimentos devem alimentar os seus filhos, como alimentá-los e porque a alimentação durante os primeiros 1000 dias de vida é crucial para a saúde futura do seu bebé. Em 2016, o website Nestlé Começar Saudável Viver Saudável registou 1.500.000 visitas e, através dos 55 workshops organizados nos pontos de venda, foram impactados 1650 mães e pais com mensagens sobre como uma nutrição apropriada é fundamental para um bom começo de vida.

O programa Nestlé Crianças Saudáveis dedica-se, desde 1999, à capacitação de professores, crianças (dos 4 aos 12 anos) e famílias em temas de alimentação equilibrada e à promoção de estilos de vida saudáveis em contexto escolar. Ajuda as crianças e as suas famílias a combinarem uma boa alimentação com um estilo de vida ativo. Através dos seus professores, as crianças aprendem os princípios básicos da nutrição, recebem conselhos práticos sobre hábitos de alimentação saudável e aprendem sobre a importância de serem fisicamente ativos. A estrutura do programa é flexível, permitindo que as escolas o adaptem às necessidades específicas de saúde e nutrição das suas comunidades. No ano letivo de 2015/2016, o programa envolveu cerca de 451.000 crianças, com impacto significativo no conhecimento e comportamentos.

A Jerónimos Martins, por sua vez, criou o projeto SOS Dentista e SOS Dentista Júnior. Os encargos com doenças orais surgem em quarto lugar no topo das patologias mais dispendiosas de tratar em todo o mundo, segundo a Federação Dentária Internacional (WDF).

Inserido na sua estratégia de Responsabilidade Social Interna, o Grupo Jerónimo Martins lançou em 2012 o programa “SOS Dentista”, com o objectivo de apoiar os colaboradores com menores rendimentos nos seus encargos com tratamentos dentários, permitindo uma maior qualidade de vida e inclusão social (mais saúde e auto-estima). Em parceria com a Portugal Telecom – Associação de Cuidados de Saúde, o Grupo realiza consultas de diagnóstico para aferição dos casos prioritários. Posteriormente, definem-se planos de intervenção e sensibilização para a prevenção e dá-se início aos tratamentos.

O “Smart Health” - Saúde Inteligente é uma ferramenta para a monitorização, consulta de informação e apoio à decisão referente à saúde e fatores sociais no concelho. Utiliza uma plataforma que disponibiliza indicadores georreferenciados e soluções de análise. Por um lado, oferece aos cidadãos o acesso aberto a informação, aumentando a transparência, enquanto permite que possam desempenhar um papel ativo como motor de governação sustentável. Segundo, procuramos melhorar a governação local e a tomada de decisões baseadas em evidências para questões de saúde e sustentabilidade, nos seus esforços para encontrar soluções saudáveis e sustentáveis.
 
Os cuidados de saúde primários no município de Cascais estão garantidos pela ampla rede de estabelecimentos de saúde no concelho, nomeadamente os centros de saúde e os centros hospitalares. No entanto, a Câmara Municipal de Cascais vai investir mais de seis milhões de euros na construção de dois novos centros de saúde nas freguesias de Cascais e Estoril e a Freguesia de Carcavelos e Parede, bem como na ampliação do centro de saúde já existente em S. Domingos de Rana. O objetivo é que toda a população do concelho tenha médico de família até 2019.

E como não podia faltar, temos ainda o Espaço S, serviço dedicado à saúde mental dos jovens, assim como consultas de nutrição e de psicologia, num serviço clínico especializado com médicos, enfermeiros e psicólogos, nutricionistas disponíveis para pedires orientação sobre sexualidade, afetividade, crescimento, adolescência, estilos de vida, planeamento familiar e tudo o que te possa preocupar.

Se algum destes projetos te interessa, informa-te e quem sabe sejas o próximo voluntário a partir para a aventura de tornar a vida de outras pessoas melhor! Se for o caso, não percas a oportunidade de tornares a tua vida melhor.

 

VAMOS TRANSFORMAR O MUNDO


Sobre Cascais